Feeds:
Posts
Comentários

Olá meus queridos amigos agora estou em outro blog e esta cheio de novidades: http://charliefelix.wix.com/charliefelix ao acessarem vão ao BLOG lá estará todas essas informações e mais.

Um enorme abraço a todos.

————————————————————————————————

 Hello my dear friends I am now on another blog and is full of news: http://charliefelix.wix.com/charliefelix to access the BLOG will be there all this information and more.

 

A huge hug to everyone.

Consultada a obra homônima de Richard Sennett, o balé solo se insere na difícil (mas urgente) tarefa de reativar a experiência humana, projetando o choque destas potências (carne e pedra), além da conjugação passiva corpo-cidade. Em cena, outra vez (sempre); um corpo político que dança.

Referred to Richard Sennett’s homonymous work, the solo ballet is inserted in the difficult (but urgent) duty of reactivating the human experience, projecting the chock between both powers (flesh and stone), besides the passive conjugation of body and city. On stage, again (and ever); a political board which dances.

Argumento, coreografia e direção: Paulo Emílio Azevedo
Intérprete-criador: Charlie Felix “Kaleo”

Assistentes de direção: Filipe Itagiba e João Carlos Silva

Duração: 15 minutos

Veja mais: http://www.visoesurbanas.com.br/

Nesta segunda-feira, 26 de novembro, dançarinos de Niterói e São Gonçalo começarão a documentar a cidade através da dança. A proposta é mostrar como o indivíduo pode utilizar os objetos do cotidiano para produção de significado como forma de humanização do espaço urbano. Essa iniciativa faz parte do mais novo projeto do fundador da Cia Gente, Paulo Azevedo, a composição “Se queres ser universal, começa por dançar sua aldeia”. As pesquisas se estenderão até o final de fevereiro.

Nas duas cidades foram selecionados quatro dançarinos: Douglas Ribeiro e Alex Silva (b.boy Pluto) de São Gonçalo e Patrick Castro e Jéssica Fellippe de Niterói. Nas audições a faixa etária média foi de 20 anos e a principal parceria se estabeleceu com a Associação Cultural CLAM, sediada em São Gonçalo. Vale ainda lembrar que em São Gonçalo também foi aprovado o jovem Matheus Rodrigo Pontes (b.boy Maro), mas por ser menor de idade, o mesmo foi convidado a liderar outra rede a ser promovida pela Cia Gente. Também de São Gonçalo foi convidado Charlie Félix (Kaléo) para ser assistente de direção de Paulo Azevedo.

Nesse processo, cada corpo constrói movimentos em contato com a arquitetura, o entorno e toda essa junção vira dança. “Queremos romper com os modelos homogeneizadores; mostrar que se pode utilizar cada vez mais o espaço urbano para o processo de criação artística, no qual a diversidade possibilita produzir numa cidade de contrastes estéticos”, informou Paulo.

Cada pesquisador em formação recebe incentivo em forma de bolsa de pesquisa, fomentando estes espaços e suas distintas possibilidades de criatividade e da intervenção para formação de núcleos nas seis cidades a partir de abril de 2013.

Paulo informou que estes locais foram escolhidos por conta do processo preexistente nestas cidades de movimento nas danças urbanas. Ele acrescentou que esse movimento possibilita novas criações por parte dos dançarinos e uma humanização do espaço urbano: “estamos fomentando a criação de novas redes e incentivando a parte profissional e empreendedora dos jovens que se encontram no limite entre seguir ou deixar pra trás as suas trajetórias artísticas”, disse.

O projeto também será realizado em Macaé, Rio das Ostras, Cabo Frio e Rio de Janeiro. Ao todo, 13 dançarinos foram selecionados, mas somente 12 seguem na participarão da ação que mobilizou mais de 2 mil pessoas indiretamente.

Maiores informações: http://ciagente.com.br/blog/

Desde o mês de setembro iniciaram as audições em seis cidades do Estado do Rio de Janeiro para intérpretes de danças urbanas que desejam participar do mais novo projeto de Paulo Azevedo. Trata-se da composição “Se queres ser universal, começa por dançar sua aldeia”, 3ª parte da tetralogia “cidade”. As cidades contempladas e as respectivas datas das audições são: Rio das Ostras (dia 17/09), São Gonçalo (dia 24/09 e 29/10), Niterói (07/10), Rio (22/10), Cabo Frio (05/11) e Macaé (12/11). Somando todos os encontros, está prevista a seleção de 12 intérpretes que passarão a realizar suas pesquisas (de modo descentralizado por cidade) a partir de novembro, estendendo esse prazo até o final de janeiro, 2013. Cada pesquisador em formação recebe incentivo em forma de bolsa de pesquisa, fomentando estes espaços e suas distintas possibilidades de criatividade e da intervenção. Aqui cabe destacar os dois principais motivos que levam Paulo Azevedo a investir seu tempo e experiência nesta ação contínua no espaço urbano: primeiramente o fato de ser a realização de um trabalho de alta produtividade com baixo custo: corpo e arquitetura (e se necessário uma pequena caixa de som). Em segundo lugar o fato das obras que ocupam os festivais da rede de dança em paisagens urbanas pelo mundo representarem uma participação residual na programação. Logo, a questão é (des)norteadora: como entender que os adeptos das linguagens que utilizam o espaço urbano como 2ª pele diariamente não sejam protagonistas nestes redes? Como produzir mudanças neste quadro, mercado emergente pode-se dizer? Vale, por fim dizer que parceria com o CLAM, associação cultural sediada em São Gonçalo tem sido fundamental para a efetivação deste processo. Desde já um grande agradecimento aos artistas e gestores Kaléo, Pluto e Dinho K2.

Saiba mais pelo link:

http://agenciablink.com.br/clientes/pauloazevedo/mailmarketing/outubro/estado-do-rio-danca.html

 

[https://www.youtube.com/watch?v=zIvUlDRXd9U&feature=plcp]

O coreografo Paulo Azevedo, estará no próximo dia 22/10 Praça XV realizando uma audição para o novo trabalho da Cia Gente. Vem oferecer essa oportunidade para os “dançarinos urbanos ” em parceria com o CLAM – Consciência, Liberdade, Atitude e Movimento, CENA – CENÁCULO, GUETOS CREW.
O coreografo Paulo Azevedo, estará no próximo dia 08/10 em Niterói realizando uma audição para o novo trabalho da Cia Gente. Vem oferecer essa oportunidade para os “dançarinos urbanos ” em parceria com o CLAM – Consciência, Liberdade, Atitude e Movimento, CENA – Cenacúlo e GUETOS CREW.
Maiores informações pelo link
Veja como foi em São Gonçalo